ACIFI e entidades parabenizam candidatos eleitos no Paraná

(ACIFI, em 6 de outubro de 2010)

A Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu – ACIFI, e as 23 entidades que compõem a comissão que luta pela conscientização da importância da representatividade de Foz e do Extremo Oeste do Paraná, parabenizam os candidatos que se elegeram no pleito do último domingo, dia 3. E antecipa que a partir de agora desencadeará uma nova etapa da campanha, qual seja a do acompanhamento das ações e defesa pelos eleitos da lista de reivindicações em prol do desenvolvimento desta região.
A comissão encaminhou oficialmente um ofício parabenizando todos os eleitos que selaram compromisso com a ACIFI e as entidades para a defesa dos 18 itens reivindicados pela sociedade para o desenvolvimento conjunto da região do Extremo Oeste do Estado. Assinaram o compromisso pelas bandeiras da região os seguintes eleitos: Beto Richa, para o governo do Estado; Gleisi Hoffmann, para o Senado Federal; Fernando Giacobo, reeleito deputado federal; e Reni Pereira, reeleito deputado estadual. Além destes, dentre diversos candidatos de fora que também buscaram conhecer as reivindicações da região e selaram compromisso com a comissão, elegeu-se Zeca Dirceu para uma vaga na Câmara Federal.
Segundo Danilo Vendruscolo, coordenador dos trabalhos da comissão, a ACIFI e as entidades cumpriram sua missão até o último dia da campanha de conscientização sobre a importância da representatividade da região. Esse trabalho incluiu reuniões com candidatos, partidos políticos, lideranças da sociedade e da própria comunidade, através de cada entidade representada na comissão, para a mobilização pela eleição de candidatos que representassem a região. “Mesmo sem poder divulgar a pesquisa, reunimo-nos com alguns candidatos para apontar a viabilidade eleitoral, visando inclusive que alguns deles abdicassem de suas candidaturas em prol de outras com mais chances, mas isso não ocorreu”, afirmou.
Na avaliação do coordenador, o eleitor iguaçuense entendeu o propósito da campanha e dedicou expressivos votos aos candidatos com domicílio eleitoral em Foz, mas houve grande pulverização de votos em torno de muitas candidaturas lançadas.
Os trabalhos para formação da comissão tiveram início no dia 26 de janeiro, quando o Conselho Superior Deliberativo, presidido pelo empresário Danilo Vendruscolo, decidiu que a entidade deveria desencadear uma campanha mais contundente visando a eleição de um deputado federal. Ela ganhou como slogan: “Vivo Aqui! Voto em deputado federal daqui”.
Atenderam ao convite da ACIFI 23 entidades de Foz e mais associações comerciais do Extremo Oeste do Estado. Ao todo foram realizadas 23 reuniões internas e externas, com quase 60 horas de discussões para deliberações, sem contar as horas dedicadas às operacionalizações para desenvolvimento das ações.
 
PROPOSIÇÕES DA ACIFI E DEMAIS ENTIDADES, COMO BANDEIRAS PARA SEREM DEFENDIDAS PELOS CANDIDATOS ELEITOS COMO REPRESENTANTES DA CIDADE DE FOZ DO IGUAÇU E REGIÃO.
             As entidades envolvidas na Campanha ELEIÇÕES 2010 relacionam abaixo as principais reivindicações de obras, serviços e ações consideradas prioritárias para o pleno desenvolvimento da cidade de Foz do Iguaçu e da região Oeste do Estado. Este documento foi elaborado com a participação da sociedade civil organizada através de suas entidades e destina-se a estabelecer comprometimento efetivo dos representantes eleitos para o Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Paraná.
 REIVINDICAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA
 1.      Implantação de Portos Intermodais em Foz do Iguaçu, nos rios Iguaçu e Paraná, e no Lago de Itaipu, permitindo a consolidação da Hidrovia do Mercosul;
 2.      Cumprimento da tramitação e cronograma para a construção da segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai e também do projeto da Perimetral Leste
 3.      Acompanhamento e defesa das propostas do Grupo de Trabalho Bilateral seladas pelo Brasil e Paraguai em julho de 2009.
 4.      Ampliação e revitalização do Terminal Aeroportuário – Aeroporto Internacional Foz do Iguaçu/Cataratas
 5.      Duplicação da Rodovia das Cataratas (BR 469), paralisada em 2006;
 6.      Duplicação da BR 277, trecho entre Medianeira a Cascavel, fundamental para o desenvolvimento econômico da Região Oeste ;
 7.      Construção do Portal de Entrada da Cidade para a melhoria da imagem de cidade turística;
 8.      Construção de Viadutos na BR 277 nos cruzamentos com as avenidas Paraná, Garibaldi e Avenida Costa e Silva, e no Jardim Jupira; 
 9.      Apoio a ações que possibilitem a elevação do teto dos recursos do SUS;
 10.  Adequação da legislação para a utilização de veículos de placa paraguaia, por Brasileiros residentes em Foz do Iguaçu, com dupla nacionalidade ou que possuam negócios no Paraguai e que transitam em território brasileiro;
 11.  Criação de mecanismos para a conversão de moedas estrangeiras que circulam na fronteira – peso, dólar e guarani;
 12.  Adequação da legislação tributária-aduaneira com relação às empresas Comerciais Exportadoras sediadas nas cidades limítrofes do território nacional;
 13.  Criação de um novo Porto Seco para atender a crescente demanda de exportação e importação por Foz do Iguaçu;
 14.  Transferência dos Servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento lotados no Porto Seco de Foz do Iguaçu para o recinto alfandegado paraguaio, em Ciudad del Este;
 15.  Aumento do efetivo de Funcionários Públicos Federais na Receita Federal, Ministério da Agricultura e Agência Nacional da Vigilância Sanitária para agilização de importações e exportações;
 16.  Defesa do estudo de pré-viabilidade de interconexão ferroviária para consolidação do Corredor Ferroviário Bioceânico Antofagasta-Paranaguá;
 17.  Cessão ou doação de imóveis da União, sem uso, especialmente nas áreas costeiras dos Rios Paraná e Iguaçu, para projetos sociais desenvolvidos por entidades e instituições locais;
 18.  Aumento do efetivo e de ações organizadas entre os diversos órgãos competentes na área de segurança pública.