Representantes da CACB avaliam em Foz projetos do Empreender Competitivo

(ACIFI, em 19 de janeiro de 2011)

A presidente da Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu – ACIFI, Elizangela de Paula Kuhn, recebeu nesta segunda-feira (17) a visita de representantes da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) que estiveram na cidade para avaliar a execução dos projetos aprovados em junho de 2010 no Programa Empreender Competitivo, desenvolvido pela confederação visando o fortalecimento das ações empreendedoras no país, dentro do plano de trabalho dos Núcleos Setoriais do Projeto Empreender.
A comitiva foi encabeçada pelo coordenador executivo do Projeto Empreender na CACB, Carlos Resende, pelo consultor Rodrigo Carrijo e Natalia Bertussi, coordenadora operacional do projeto na CACB. Eles conheceram a estrutura da associação, bem como o funcionamento dos núcleos do Projeto Empreender, com atenção especial àqueles que em junho de 2010 tiveram os projetos aprovados dentro do Empreender Competitivo: núcleos das empresas de Comunicação, das Livrarias e o Conselho da Mulher Empresária e Executiva, que atua aos moldes do projeto Empreender.  
Elizangela, juntamente com o consultor da ACIFI, José Carlos Duarte, agradeceu a visita e destacou a importância do Empreender Competitivo como estímulo às empresas que atuam nos núcleos setoriais. Ela recordou que a ACIFI foi uma das associações brasileiras que mais aprovou projetos naquele ano. Em todo o país foram aprovados 73 projetos, sendo 16 no Paraná e três de Foz do Iguaçu.
“Em outubro do ano passado realizamos a 2ª. Feira de Negócios da ACIFI, coordenada pelo Conselho da Mulher Empresária e Executiva, que atraiu mais de oito mil pessoas”, destacou a presidente da ACIFI.
Para este ano, os recursos do Empreender Competitivo serão aplicados na terceira edição da feira, bem como na promoção de missões técnicas e realização de cursos de capacitação para empresas ligadas aos três núcleos; bem como a elaboração e distribuição de uma cartilha para o Núcleo de Comunicação. Elizangela lembrou também que o Núcleo de Livrarias destinará parte do recurso para a divulgação das empresas no Salão Internacional do Livro, que é realizado tradicionalmente no mês de maio.
Todas essas ações, reforçou Elizangela, revela “a evolução e o esforço das empresas que compõem os núcleos, como também do investimento da ACIFI na manutenção de um consultor especialmente para atender às empresas”, observou a presidente.
Resende explicou que o projeto Empreender Competitivo foi desenvolvido justamente para impulsionar os núcleos setoriais mais consolidados e estimular a competitividade das empresas participantes. “A meta é fortalecer o sistema associativista por meio das ACEs”, revelou Carlos Resende. Ele elogiou a recepção que a comitiva teve na ACIFI, e abriu espaço para as ações dos núcleos da ACIFI nos canais de divulgação da CACB.
O projeto – O projeto Empreender Competitivo é a evolução do Programa Empreender, voltado aos núcleos setoriais mais consolidados e que visa possibilitar o aumento da competitividade das empresas participantes. Os projetos apresentados pelos núcleos setoriais foram avaliados por uma banca composta de representantes da CACB e do Sebrae Nacional, que elegeram as melhores proposições.
A execução dos projetos fica a cargo dos consultores regionais e dos atores locais, sob a gestão das federações.