COJEFI promove projeto Empreender Jovem

(ACIFI, em 13 de abril de 2011)

O Conselho do Jovem Empreendedor da Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu – ACIFI promove uma aproximação entre jovens acadêmicos de diversas áreas de conhecimento com empresários já estabelecidos, para intercâmbio de ideias e troca de conhecimentos sobre o mercado. É o projeto Empreender Jovem, que funciona praticamente no mesmo formato que o projeto É Gente Nossa!, desenvolvido desde 2008 pela ACIFI, visando a integração empresarial.
“Assim como no projeto É Gente Nossa! da ACIFI, empresários convidados farão um relato da trajetória empresarial, desde o surgimento da empresa, as dificuldades enfrentadas e os desafios vencidos”, relatou o presidente do COJEFI, Haralan Mucelini. “A ideia é aproximar os empresários dos acadêmicos mostrando uma faceta mais realista do ambiente no qual se desenvolve um empreendedor e uma organização de sucesso”, acrescentou.
Segundo ele, o Programa Empreender Jovem tem por objetivo “promover a cultura empreendedora compartilhando experiências de negócio que deram certo e que podem inspirar os jovens a desenvolverem suas idéias. O Empreender Jovem também se propõe a apoiar e premiar as idéias com maior potencial para se tornarem empreendimentos de sucesso”, explica.
A primeira edição do Jovem Empreendedor já foi agendada: será na próxima terça-feira, dia 19, às 19 horas, com acadêmicos da UDC Monjolo. “Nossa proposta é percorrer todas as instituições de ensino superior que oferecem cursos presenciais, para proporcionar o encontro dos estudantes com os empresários já estabelecidos”, destacou.
O papel essencial do COJEFI – que atua como núcleo setorial do Projeto Empreender -, é promover a cultura empreendedora “pois em regiões onde o comportamento empreendedor é valorizado e estimulado observa-se uma economia mais pujante e dinâmica que se traduz em menores índices de desemprego, miséria e degradação social”, comparou.
 
Concurso
Paralelamente à realização de cada edição, o COJEFI se utilizará de diversas ferramentas de comunicação para promover entre os universitários um concurso que premiará as três ideias de negócio que obtiverem as melhores avaliações. Os critérios estarão estabelecidos em Edital emitido pelo COJEFI. Os projetos pré-aprovados serão submetidos a uma banca em evento paralelo para efeitos de premiação.
O concurso previsto no Empreender Jovem visa estimule a geração de pelo menos três novos empreendimentos na cidade. “Esses empreendimentos surgirão a partir dos acadêmicos que participarem das atividades do projeto. Todas as ideias serão avaliadas e as melhores serão premiadas e receberão apoio técnico para que se transformem em negócios efetivos”, revelou o presidente do COJEFI que agora busca parceiros que possam colaborar com o Empreender Jovem. “O projeto prevê a criação de um portal com dicas sobre empreendedorismo, vídeos e palestras, informações, experiências e bancos de currículos, entre outras informações”, antecipou Haralan Mucelini. “Precisaremos ainda de patrocinadores para outras propostas, como a promoção de mini-cursos que incentivem o empreendedorismo e a criação de negócios inovadores; de oficinas de empreendedorismo on-line; e para a realização de concurso para avaliação e seleção de ideias com potencial para se tornarem negócios de sucesso”, finalizou.