Receita Federal e ACIFI lançam campanha Cidadão Legal

(ACIFI, em 20 de abril de 2011)

Campanha tem como objetivo motivar estudantes ao exercício da cidadania
 
Com o objetivo de fomentar a cidadania e contribuir para o fortalecimento de uma sociedade mais justa e harmônica, a Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu – ACIFI e a Delegacia da Receita Federal do Brasil, em Foz, lançam no próximo dia 5 de maio a campanha Cidadão Legal. A campanha vai abranger principalmente estudantes do ensino fundamental – a partir do 4º ano ou 4as séries remanescentes – e até o Ensino Médio e do ensino superior.
“Fomos convidados pelo delegado Rafael Dolzan e sua equipe a desenvolver essa parceria que para nós é muito importante porque atende nossa política de responsabilidade social e nossa missão que é contribuir para o desenvolvimento econômico, com responsabilidade social e ambiental”, explicou a presidente da ACIFI, Elizangela de Paula Kuhn.
A associação contribuiu com sugestões para a campanha institucional e responde por toda a programação visual do projeto, executado por uma agência de publicidade e propaganda. O papel da Receita Federal será bastante ativo, principalmente de um grupo de funcionários que montou um teatro de fantoches bastante criativo que promete entreter menores de até 9 anos.
Com os personagens Adu e Ana, agentes que combatem o ilícito numa pequena cidade brasileira, esses verdadeiros artistas prometem entreter os estudantes com histórias recheadas de alertas para uma boa conduta em sociedade.
“As escolas poderão agendar as visitas dos estudantes, pelo contato no site ou diretamente com a Delegacia da Receita Federal”, explica Patrícia Gomes de Oliveira, uma das coordenadoras desse projeto. O teatro de fantoches, bem como toda a exposição do projeto Campanha Cidadão Legal já foi apresentado a representantes ligados ao setor de educação, e futuros parceiros nessa iniciativa. A campanha também prevê a realização de palestras para estudantes de ensino médio e de faculdades em Foz do Iguaçu.
O lançamento da campanha acontecerá no dia 5, na sede da Delegacia da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu, às 14 horas.
 
O projeto – A Campanha Cidadão Legal é institucional e visa contribuir com informações aos estudantes para o exercício da cidadania. Ela contará com apresentações do teatro de fantoche, mas também de um site especialmente criado para esta finalidade, que traz os oito tópicos do cidadão legal.
O cidadão legal deve exigir os seus direitos, mas também cumprir com seus deveres, que inclui observar as leis, respeitar o direito do próximo e ter uma conduta ética.
Ele também tem postura ativa diante dos problemas da sociedade e participa, sempre que possível, com ideias, propostas e sugestões sobre os problemas que afetam seu bairro, sua cidade, seu país.
Não admite a exploração do ser humano e além de repudiar também denuncia a usurpação de direitos de crianças, adolescentes, mulheres, idosos e portadores de necessidades especiais.
O cidadão legal contribui com a arrecadação dos recursos públicos e fiscaliza a sua aplicação pois sabe que para o Estado prestar serviços nas áreas de educação, saúde, segurança e assistência social, dentre outros, precisa de recursos que são oriundos dos impostos.
O Cidadão Legal também é solidário e ajuda a combater a miséria; respeita a diversidade cultural e social; é honesto e combate o ilícito e a corrupção; e preserva o meio ambiente e mantém a cidade limpa.
“O projeto é uma tentativa de se trabalhar os valores do cidadão iguaçuense. Estamos plantando uma semente esperando que, no futuro, dê bons frutos, colaborando para a construção de uma sociedade formada por cidadãos mais conscientes”, finalizou Elizangela.