Fantoches da Campanha Cidadão Legal encantam estudantes da APAE

(ACIFI, em 15 de junho de 2011)

Alunos da Escola Melvin Jones, mantida pela APAE – Associação dos Pais e Amigos do Excepcional, divertiram-se muito com a programação da campanha Cidadão Legal, desenvolvida pela Delegacia da Receita Federal de Foz do Iguaçu, numa parceria com a ACIFI – Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu. Além dos lanches oferecidos pelo Provopar e elaborados pelos alunos dos cursos profissionalizantes da entidade, os cerca de trinta estudantes da escola Melvin Jones acompanharam também a apresentação da peça de fantoches “O Segredo de Cidadania”.
“Durante a peça, as crianças se divertiram muito e participaram bastante”, revelou uma das coordenadoras da campanha, Patrícia Gomes de Oliveira.
A peça busca mostrar ao público infantil, de maneira lúdica e bem divertida, os malefícios que o contrabando e o tráfico causam à sociedade. Uma equipe da própria Receita Federal de Foz dá vida aos bonecos que compõem a peça. “No final da apresentação, perguntamos para as crianças sobre o segredo de Cidadania, e as respostas foram diretas. A maioria respondeu que o segredo é não vender CDs piratas e ir para a escola”, revelou Patrícia.
Um outro aluno mostrou-se indignado com as más intenções do vilão da história, o Piratão. O personagem induz um menino a deixar a escola para vender, primeiramente, CDs e DVDs piratas, mas aos poucos, também o força a vender produtos ilegais como agrotóxicos. “O menino não parava de repetir que o pirata é mau e deve ir para a prisão”, brincou Patrícia.
A apresentação ocorrida na semana passada (quarta-feira, dia 8), foi a terceira realizada pela equipe desde o lançamento da Campanha Cidadão Legal, no dia 5 de maio. Já acompanharam a apresentação os estudantes dos colégios Anglo-Americano, Bartolomeu Mitre e Mariano Camilo Paganoto.
Também estudantes do ensino médio e superior participam da Campanha CIDADÃO LEGAL, mas com a palestra “Malefícios do Contrabando e Descaminho”, ministrada pelo auditor fiscal Ivair Hoffmann, cujo material visual é recheado de fotos sobre crimes, como por exemplo, o tráfico de animais.
Para agendar apresentações da sua escola, procure a Delegacia da Receita Federal, pelo telefone: (45) 3520 4305.