Núcleo de Livrarias desenvolve projeto de incentivo à leitura nas escolas

(ACIFI, em 17 de junho de 2011)

Estudantes de cinco escolas da rede municipal de ensino foram contemplados este mês com a ação desenvolvida pelo Núcleo de Livrarias do Projeto Empreender, desenvolvido pela ACIFI visando incentivar a leitura entre o público infantil.
O projeto Contação de Histórias abrangeu alunos de 1º ao 4º ano das escolas municipais Acácio Pedroso (Região do Porto Meira), Ceres de Ferrante (Região de 3 Lagoas); Jorge Amado (Cidade Nova 2); João XXIII (Morumbi III) e Ademar Marques Curvo (Região do Porto Belo). Realizado no intervalo das aulas, numa ação de cerca de 30 minutos, a professora de Educação Infantil Daiane dos Santos Martins convidava as crianças a ingressar o mundo mágico e imaginário que somente a literatura é capaz.
Durante as apresentações, a professora abordava desde os contos de fadas como Cinderela e Bela Adormecida; os clássicos da literatura infantil como Chapeuzinho Vermelho, Pinóquio, João e Maria; até as histórias contemporâneas, como A Chapeuzinho Amarela; Elmer, o elefante xadrez; Qual é a cor do amor; O mais fantástico ovo do mundo; Eu sou o mais forte; Bruxa, Bruxa venha a minha festa de aniversario; Caça ao tesouro; dentre outros.
Para tornar ainda mais atrativa a ação, a professora utilizou painéis e até cantinho da leitura, além de usar fantasias que remetiam às histórias que ela contava à platéia.
De acordo com a coordenadora do Núcleo de Livrarias, Liliane Ribeiro, esta foi a segunda fase do projeto de incentivo à leitura desenvolvida este ano. A primeira, realizada em abril passado, levou a Contação de História para outras cinco escolas municipais: Adele Zanotto Sclaco (Porto Meira); João da Costa Viana (Região de Três Lagoas); Padre Luigi Salvucci (Região da Vila C); Irio Manganeli (Região do Morumbi); e Monteiro Lobato (Região do Porto Belo).
“Nosso próximo passo será reunir as empresas que compõem o núcleo para fazer uma avaliação da ação e definir as próximas ações”, revelou.
A popularização do livro é um dos principais objetivos traçados pelo Núcleo de Livrarias de Foz do Iguaçu, surgido da união dos livreiros da cidade em parceria com a Fundação Cultural, e vinculado à ACIFI. Para tanto, o núcleo atua em diversas ações visando a inserção do hábito da leitura no cotidiano das pessoas, independente de idade ou classe social.
Além do projeto Contação de História, o Núcleo também atua no Salão Internacional do livro, com exposição em estandes das livrarias e sebos, e elaboração de material de divulgação conjunto para divulgar as empresas e o incentivo à leitura.
Este ano, o núcleo pretende realizar uma missão técnica na Bienal do Livro, que acontecerá em setembro, com objetivo de visitar outros mercados para a troca de experiências e desenvolvimento empresarial.