ACIFI REÚNE ASSOCIADOS PARA ESCLARECER MUDANÇAS NO SPC

(ACIFI, em 10 de fevereiro de 2012)

Associados e colaboradores das empresas que utilizam o Serviço de Proteção ao Crédito oferecido pela ACIFI – Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu, participaram na noite de quinta-feira (dia 09) de uma reunião para esclarecimento sobre as mudanças na operacionalização do serviço. O presidente da ACIFI, Roni Temp, explicou os motivos que levaram a associação, capitaneada pela FACIAP – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná, a mudar o banco de dados sobre situação cadastral de consumidores e empresas.
“As informações hoje custam muito mais que dinheiro. As associações comerciais de Foz, Cascavel, Londrina, Toledo, e outras, abasteciam um banco de dados que foi repassado para uma empresa. Tentamos evitar a ruptura, mas a negociação era entre uma empresa, interessada em lucros, com associações cujo interesse é pelos serviços aos associados”, explicou Temp. Em pouco tempo, ressaltou o presidente da ACIFI, todo o processo de mudança estará concluído, consolidando-se um dos maiores Banco de Dados do país.
Em função desse processo de mudança, muitos associados estão sendo abordados por representantes comerciais da empresa que opera o antigo sistema, na tentativa de que eles adotem o cadastro deles. “Nessa abordagem, estão sendo repassadas informações inverídicas, e por isso, estamos nos colocando à disposição de todos os associados para esclarecer dúvidas”, ressaltou o diretor executivo da ACIFI, Dimas Bragagnolo. 
Uma das inverdades é sobre a cobertura do cadastro de consultas sobre a situação de adimplência ou inadimplência dos consumidores. “Temos a maior cobertura, pois trabalhamos em parcerias que nos possibilitam acesso dentro e fora do Paraná”, destacou Temp.
A gerente de serviços da ACIFI, Eliane Gonçalves Colanzi, aproveitou o encontro para reforçar os benefícios desse novo sistema, com a ampliação de serviços. Um exemplo é o SPC Max Plus, que confere maior agilidade às consultas dos empresários uma vez que permite, além da tradicional consulta simples, também o PEFIN/REFIN, alerta de documentos roubados/extraviados; cheques sem fundos; número de consultas feitas ao mesmo CPF; e possibilita que o empresário saiba se o consumidor tem telefone em seu nome.
Mais informações sobre o sistema podem ser obtidas na ACIFI: 3521 3300.