ACIFI comemora aprovação do CODEFOZ

(ACIFI, em 9 de novembro de 2012)

A aprovação do projeto de lei para criação do Conselho de Desenvolvimento de Foz do Iguaçu – CODEFOZ pela Câmara de Vereadores na última quinta-feira (08) foi comemorada pelos presidentes da ACIFI, Roni Temp, e do Conselho Superior Deliberativo da entidade, Danilo Vendruscolo. Para eles, a aprovação coroou o esforço da entidade no processo que vem sendo idealizado desde o ano passado, e que é apoiado pelas principais entidades representativas da sociedade de Foz do Iguaçu.

“Gostaríamos de agradecer a todos aqueles que apoiaram a iniciativa que será importante ferramenta para o desenvolvimento social e econômico da nossa cidade”, destacou Vendruscolo, relembrando as diversas reuniões realizadas com as entidades, inclusive com a participação dos fundadores do CODEM – Conselho de Desenvolvimento de Maringá. Graças a esse apoio, a ACIFI reuniu todos os candidatos que disputaram a prefeitura de Foz para explicar a importância do Codefoz.

Vendruscolo e Temp agradeceram ainda a equipe da atual administração municipal pelo apoio na elaboração do projeto e os vereadores que entenderam a relevância do projeto e o aprovaram integralmente. Eles agradeceram ainda o prefeito eleito Reni Pereira que hipotecou apoio ao CODEFOZ e, numa clara demonstração de confiança neste projeto, antecipou a indicação de sua vice-prefeita eleita, a empresária Ivone Barofaldi, para a Secretaria de Desenvolvimento Socioeconômico a fim de que ela pudesse acompanhar desde já o processo de criação.

Nesta sexta-feira (dia 9), os dois dirigentes da ACIFI participaram da audiência pública para discussão do orçamento da Prefeitura em 2013, visando pleitear mais recursos para a secretaria que coordenar, juntamente com a sociedade civil organizada, o CODEFOZ. “Queremos pleitear nesta audiência que sejam destinados mais recursos à secretaria para desenvolvermos os primeiros três projetos do conselho”, revelou Temp.

O primeiro deles é a realização do Censo Econômico de Foz. “Ele é fundamental para todas as áreas, e inclusive para os empresários fazerem planejamentos dos negócios e ampliações. O último censo foi realizado pela ACIFI em 2002”, ressalta o presidente da associação.

O segundo projeto a ser desenvolvido pelo CODEFOZ será a revitalização da Ponte da Amizade, na fronteira com o Paraguai. “O CODEFOZ fará o projeto executivo, cujo valor é estimado em R$ 150 mil. Ele prevê a iluminação, pintura e paisagismo da Ponte Internacional da Amizade e iremos buscar  recursos em Brasília, na ordem de R$ 12 milhões, para execução desta obra que será mais um grande atrativo turístico para Foz do Iguaçu”, detalhou Vendruscolo. Roni Temp lembrou que a revitalização da Ponte da Amizade será o marco para outro projeto importante para a cidade e que conta com o apoio da ACIFI: o Projeto Beira Foz.

Por fim, Temp explica que o CODEFOZ também desenvolverá estudos para o planejamento da cidade nas próximas décadas. Trata-se do Projeto Fórum Foz 2030. “Nele vamos oficializar todos os projetos que serão necessários para a Foz do Iguaçu idealizada para 2030. Esse documento vai embasar todos os processos de planejamento da cidade”, finalizou.

 

COMPARTILHAR: