Três empresas associadas ficaram na final do MPE Brasil

(Monica Pinto, em 20 de dezembro de 2013)

edvino MPEA empresa iguaçuense Borkenhagem Contabilidade venceu na categoria Prestador de Serviço do Prêmio MPE Brasil, realizado no final de novembro. Das mais de 1,4 mil empresas da região Oeste do Paraná, apenas dez chegaram à final – 36 em todo o estado – sendo três associadas da ACIFI. Além da Borkenhagem Contabilidade, também se classificaram entre as finalistas da categoria Prestadores de Serviços, as empresas Centro Ótico e Loumar Turismo.

Para o presidente da ACIFI, Roni Temp, cuja empresa também foi finalista desse mesmo prêmio em duas ocasiões – 2004 e 2006 -, a classificação das empresas associadas demonstra o profissionalismo crescente entre a classe empresarial da cidade. “Esse prêmio é bastante complexo e muito importante porque avalia a gestão das empresas. Isso acrescenta muito em experiência empresarial”, observa.

Temp observou que Foz do Iguaçu esteve presente em praticamente todos as finais desde que o Prêmio MPE Brasil foi criado, em 2004.

Detentor de três prêmios, um enquanto o MPE Brasil ainda se chamava Sucesso Empresarial, Edvino Borkenhagen acredita que essa premiação se difere das outras no que diz respeito à credibilidade. “O que sempre me incentivou a participar é a seriedade do Prêmio. Ele não é uma premiação de glamour, de festa, e, sim, de coroação da gestão das empresas. O MPE Brasil na mão vale para a foto, mas o que levamos para frente é a devolutiva que temos no questionário. Aí é que está a cerne no Prêmio”, afirmou.

Agora, os ganhadores se preparam para representar o Paraná na etapa nacional do Prêmio, que acontecerá em abril de 2014. “Estamos contentes não só com as premiações, mas com a participação efetiva dos empresários. Do total de inscritos, mais de 80% estavam candidatas a seguir ao Prêmio”, destaca Emerson Durso, consultor do Sebrae/PR e gestor do MPE Brasil na região.

O consultor ressalta que, para participar do Prêmio MPE Brasil, o empresário precisa preencher um questionário de autoavaliação da empresa. “Dos inscritos da região, 1.128 preencheram o questionário e dez, do total de 36 no Estado, foram classificadas para receber a visita de avaliadores. Todas as nossas classificadas receberam o aval dos técnicos e seguiram como finalistas. Assim, além da premiação, esses números mostram o quanto essas empresas estão engajadas na excelência na gestão empresarial.”

No Paraná, o Prêmio MPE Brasil é realizado em conjunto pelo Sebrae/PR e o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), por meio do Movimento Paraná Competitivo (MPC), com o patrocínio da Gerdau, Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) e conta ainda com a parceria da Faciap e Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio/PR).

O questionário é baseado no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ) e as questões são divididas em oito critérios: liderança, estratégias e planos, clientes, sociedade, pessoas, processos, informação e conhecimento, e resultados.

COMPARTILHAR: