Nutricard emite alerta sobre golpe de boletos adulterados

(Andrea David, em 18 de setembro de 2014)

Vírus é capaz de alterar a numeração da linha digitável de boletos bancários acessados pelos navegadores, desviando o destino do pagamento

nutricard_banner_11Um vírus que circula pela internet pode ser o responsável pela adulteração de boletos bancários.  O alerta da fraude partiu da equipe do Nutricard, empresa de cartões alimentação e refeição, que mantém convênio com diversas entidades, entre elas a ACIFI. O vírus altera boletos e desvia pagamentos para terceiros. Ele danifica os códigos de barras dos documentos bancários e altera os números do banco e da conta corrente que vai receber o pagamento. Assim, o crédito vai para outras contas e não para a conta do Nutricard.

 

A empresa emitiu um comunicado aos usuários com uma série de recomendações porque a fraude pode passar despercebida já que o vírus não modifica a data do vencimento e valor do boleto. O golpe atinge quem utiliza internet banking e até mesmo quem escolhe imprimir o boleto, isso porque o vírus monitora as atividades realizadas no computador e detecta quando um boleto é aberto. Ao perceber essa atividade, os dados do documento são alterados.

 

A Nutricard garante que novas medidas de segurança foram implementadas no sistema de emissão de boletos. Para evitar armadilhas, a empresa solicita a remissão de todos os boletos de recargas emitidos nos últimos 30 dias e também aqueles que estão pendentes de pagamento. “Não se trata de uma vulnerabilidade do nosso sistema, mas sim de um vírus instalado no computador do usuário que modifica as informações a partir de um boleto verdadeiro. Portanto, reiteramos a necessidade de manter sempre um software antivírus ativo e atualizado”, diz um trecho do comunicado feito pelo Nutricard.

Quem tiver dúvidas deve entrar em contato com o Suporte Nutricard pelo email suporte@nutricard.net ou nos telefones: 45 3038-2255 (Cascavel) e 45 3027-3366 (Foz).

Para evitar o golpe, siga as recomendações:

  1. É preciso estar atento, porque a fraude altera somente a linha digitável enquanto outros dados do boleto, como valor, data de vencimento, nome e logomarca dos bancos permanecem reais.
  2. O vírus não é uma vulnerabilidade no sistema da empresa do Nutricard e sim de uma ação de golpistas que manipula dados no computador do cliente.
  3. Recomenda-se manter o antivírus sempre atualizado e evitar a abertura de anexos e emails suspeitos. Também evite gerar boletos e operar internet banking a partir de computadores compartilhados ou redes públicas.
  4. Foram implementadas novas medidas de segurança no sistema de emissão de boletos, e por isso solicita-se que sejam REEMITIDOS TODOS os boletos de recargas NUTRICARD emitidos nos últimos 30 dias e que ainda estão pendentes de pagamento.
  5. A reemissão dos boletos poderá ser feita através do acesso no site da NutriCard. Após a emissão, confira se o boleto saiu com as informações do Bradesco, conforme imagem abaixo:alerta nutricard

COMPARTILHAR: