ACIFI debate desenvolvimento, formaliza adesões ao Basta e presta homenagem

(Alexandre Palmar, em 10 de maio de 2017)

A ACIFI realizou reunião ordinária da diretoria nesta terça-feira, 9, com uma pauta diversificada. O encontro foi marcado pela apresentação e debates de propostas em prol do desenvolvimento socioeconômico de Foz do Iguaçu, bem como debate em torno do mercado de trabalho, uma homenagem e adesões à campanha pela moralização da política.

Logo na abertura, o presidente da ACIFI, Leandro Teixeira Costa, em nome da entidade, prestou uma homenagem à servidora Salete Horst pelos relevantes serviços prestados à sociedade. Ela recebeu uma placa destacando o empenho para a implantação da RedeSim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) no administração pública municipal.

Em seguida, o diretor de Projetos e Promoção Social do Patronato Penitenciário de Foz do Iguaçu, Alexandre Calixto da Silva, falou sobre a inserção do menor aprendiz no mercado de trabalho.

Já o presidente da Associação dos Arquitetos, Engenheiros e Agrônomos de Foz do Iguaçu (AEFI), Ruberlei Santiago Domingues, formalizou a adesão da Associação dos Arquitetos, Engenheiros e Agrônomos de Foz do Iguaçu (AEFI) à campanha Basta de Vergonha.

O procurador do município Willy Costa Dolinski (à direita), acompanhado de outros procuradores da Prefeitura de Foz, também formalizou adesão à campanha Basta de Vergonha.

Novo secretário
O debate sobre o desenvolvimento local ocupou a segunda metade da reunião ordinária da diretoria. O presidente da ACIFI, Leandro Teixeira Costa, apresentou as demandas da entidade ao novo secretario Municipal de Turismo, indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla.

“Vamos trabalhar pelo desenvolvimento integrado, poder público, entidades de classe e iniciativa privada de todos os segmentos da nossa economia. O objetivo é promover ações macro e planejada voltadas para integração do comércio, indústria e turismo”, afirmou Piolla.

COMPARTILHAR: