Feira do Livro é aberta com programação intensa

(Alexandre Palmar, em 17 de setembro de 2018)

Evento realizado com apoio do Núcleo de Livrarias e Sebos da ACIFI segue até domingo, 23

Começou neste domingo (16) a 14ª Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu (FIL), no Complexo Bordin, na Avenida JK. O maior evento literário da região seguirá até o dia 23 de setembro com uma série de atrações, entre oficinas, palestras, contação de histórias, lançamento de livros, shows, sessões de cinema, além da oferta de mais de 40 mil títulos de publicações.

A cerimônia de abertura aconteceu ás 19 horas e contou com a presença do prefeito Chico Brasileiro, secretários, vereadores, autoridades locais e escritores convidados. Durante o evento, o chefe do executivo enalteceu a importância da Feira do Livro para a formação de novos leitores.

“A Feira do Livro é o evento cultural que promove a maior oxigenação nas mentes das nossas crianças e jovens. Ver os sorrisos e os olhares concentrados nas atividades de circo, teatro e histórias prova que todo esse trabalho vale a pena”.

O presidente da Fundação Cultural Juca Rodrigues afirmou que esta edição do evento é a maior dos últimos 14 anos. “Mesmo com a chuva do primeiro dia, já sentimos o entusiasmo do público e também dos expositores. O espaço ampliado e a programação intensa fazem dessa edição a maior de todas as edições”.

Neste ano a feira tem quase 4 mil metros quadrados de estrutura, 37 expositores, 2 espaços para oficinas, sala de cinema, espaço para contação de história, arena literária, espaço literário e ilhas para autores locais e universidades, além dos espaços para alimentação.

Atrações
O primeiro dia da FIL foi repleto de atrações para todas as idades. Apesar do tempo chuvoso, centenas de pessoas compareceram ao evento, que foi aberto ao público as 14 horas. As crianças se divertiram com as contações de histórias e a Trupe Lona Preta, um grupo de São Paulo que une circo, teatro e dança em suas apresentações. O jornalista e escritor Tom Farias falou sobre o livro Carolina: Uma Biografia, e o ilustrador Troche, do Uruguai, fez uma oficina de desenho, narrativa e processo criativo.

A programação contou ainda com lançamentos de livros, sessões de cinema, sarau multilíngue, apresentações culturais e bate papos com escritores. O público que circulou pela feira também encontrou diversas promoções, com títulos a partir de R$ 5,00.

Carolina Maria de Jesus
A homenagem a Carolina Maria de Jesus, autora homenageada desta edição, foi marcada por um encontro de escritores e familiares de Carolina. Na ocasião, a escritora e pesquisadora Rafaela Fernandes falou sobre o livro “Meu Sonho é Escrever”, que reúne contos inéditos de Carolina de Jesus.

O show “Atendendo a pedidos” com a cantora Zezé Motta, marcou o encerramento do primeiro dia de feira. Milhares de pessoas acompanharam a apresentação, na Arena Literária, onde Zezé homenageou seus compositores preferidos, como Caetano Veloso, Luiz Melodia, Jards Macalé e Elizeth Cardoso.

Programação
Nesta segunda, a FIL abre as 9 horas com receptivo lúdico, contação de histórias e sessões de cinema. Palestras, lançamento de livros, debates e apresentações teatrais fazem parte das atrações ao longo do dia.

As 19 horas, a escritora Desiré Novaes faz o lançamento do livro “Mães Raras”, os quadrinistas Troche e Gidalti Jr fazem um debate sobre “A cidade em quadrinhos”, e o escritor Miguel Sanches Neto ministra a palestra “Viagem a Foz”. As atividades seguem até as 22 horas.

A Feira Internacional do Livro faz parte do 1º Festival Literário de Foz do Iguaçu. O evento se une à 37ª Semana Literária SESC e a Primavera Universitária da Unioeste, que também tem como objetivo difundir a literatura e a leitura, proporcionando o conhecimento e conquista da cidadania.

(Agência Municipal de Notícias)

COMPARTILHAR: