Indústrias de Confecções

logo_nucleo

Pequenas e médias empresas do setor de confecções têm muitos problemas em comum: formação de mão de obra, dificuldade na negociação com fornecedores, acesso restrito ao crédito, falta de ferramentas de gestão empresarial, entre outros. Em abril de 2013, firmas do ramo em Foz do Iguaçu descobriram que as soluções também podem ser compartilhadas e criaram um núcleo setorial. “Identificamos o desejo comum de desenvolver nossas empresas por meio de parcerias e a qualificação da mão de obra”, declarou o coordenador do núcleo, David Carvalho.

O núcleo é formado por 13 empresas que atuam em sete segmentos: uniformes escolares, confecções esportivas, cortinas, colchas, enxovais para bebê, modas pet, íntima e praia. Juntas, produzem cerca de 80 mil peças e faturam em torno de R$ 800 mil por mês ao vender para 18 estados brasileiros. O núcleo da Indústria de Confecções é responsável pela geração de 250 empregos diretos e neste ano ganhou uma identidade visual e passou por workshops e treinamentos.

As empresas doaram uniformes para alunos de uma creche no Porto Meira, e uma das palestras do ano foi com Eugênio Rossato, empresário de sucesso de moda bebê de Terra Roxa. Para colocar as ações em prática, o núcleo conta com a parceria do Sebrae/PR, Unioeste e UDC. O Codefoz apoia a viabilização do polo têxtil e a implantação da escola técnica.

Interessadas em dar mais visibilidade ao segmento, indústrias de confecções de Foz do Iguaçu decidiram unir-se em torno de um núcleo setorial. Entre os objetivos estão o desenvolvimento das empresas por meio de parcerias e a qualificação da mão de obra. O núcleo se reúne quinzenalmente na sede da ACIFI.

Coordenador do Núcleo: Henrique Zarate

Empresas nucleadas:

 

 

COMPARTILHAR: